Curta e compartilhe
  • Arquivos mensais:

    maio de 2015

  • Procura-se um escravo!

    20
    maio/15

    charge2520escravo2520novoProcura-se um escravo para trabalho, com direito a uma folga por semana onde você não terá tempo nem de descansar quanto menos ter uma vida social, uma dessas folgas no mês será no domingo, recompensamos com o mínimo possível que nos for permitidos a sua categoria de trabalho, e muito provável não é o valor nem da mensalidade de seu curso ou especialização que você precisa ter feito, exigimos que você tenha experiência no ramo, diferencial para a vaga é saber todas as demais funções necessária para que a empresa funcione. Você não vai ganhar mais por isso caso forçamos você a exercer. Mesmo que desejamos pagar mais a você e isso não quer dizer que desejamos pagar mais, não poderemos pois temos que pagar o mesmo valor que pagamos a você a "outra pessoa" que não trabalha.

    escravo

    Exigimos que você more perto, assim não precisamos pagar vale transporte e caso você fique doente vamos te buscar em casa. Você deve assinar um termo da conduta da empresa onde ficará só no papel, mas você vai trabalhar forçadamente de forma totalmente diferente, mas teremos sua assinatura caso aconteça alguma coisa sua família ficará desamparada, pois você assinou que sabia como deveria trabalhar e não trabalhou da forma correta. Você terá uma hora e meia de almoço, mas isso somente para fins jurídico, pois já temos uma pessoa de nossa confiança para ficar com seu crachá e bater seu ponto no seu lugar, você deve entregar seu crachá todos os dias para esta pessoa na hora do almoço, há, se tiver muito serviço você não deve nem ir para o almoço. Você deve assinar um termo também no qual não deve divulgar nenhuma informação de como estamos matando a população infringindo leis diversas, caso você faça isso, nem em toda sua vida conseguirá nos pagar, pois vamos te processar e pode ter certeza, vamos ganhar e você novamente vai perder.

    Saudades de um único emprego onde todos eram tratados como humanos e não como lixo, ou como um escravo, oh! saudosa lembrança que já tive um emprego de verdade, saudades da liberdade.

    Fazer comentário

  • 1